PROJETO E CONSTRUÇÃO

O SPIRIT AIRCRAFT foi projetado e desenvolvido utilizando-se das mais modernas técnicas para construção. Combina materias como compensado naval 2,7mm de alta qualidade cortado a laser, estruturas tubulares em fibra de carbono, estruturas extrusadas em impressão 3D e todo o seu revestimento é feito em chapas de polipropileno alveolar, tornando-o leve e resistente.

Este NOVO CONCEITO e concepção de estrutura entrega ao mercado a Aeronave com o MELHOR CUSTO-BENEFÍCIO  na categoria Drones (RPAS) do tipo asas fixas!

Além da significativa redução de peso e resistência face aos materiais empregados, o SPIRIT AIRCRAFT oferece fácil manutenção a custos muito menores.

ASAS BIPARTIDAS

Pensado e projetado para trazer facilidades ao usuário, o SPIRIT AIRCRAFT traz asas bipartidas facilitando o transporte e minimizando danos em sua estrutura em possíveis avarias em operação.

Um sistema de plugs do tipo fusível no encaixe das asas provoca o separamento entre a fuselagem e as asas, evitando a quebra ou dano maior em um possível acidente com a aeronave.

VÓRTICES ou VORTEX

“Os vórtices produzidos pelas aeronaves em voo geram um arrasto que é chamado de arrasto induzido decorrente da força de sustentação produzidas pelo perfil das asas onde o ar que passa por cima da asa ( extradorso) é menos denso( menor pressão) que o ar que passa por baixo da asa ( intradorso)( maior pressão) gerando então uma fuga de ar na ponta da asa no intradorso no sentido do extradorso.

Esta característica é tipica dos fluido que tendem a equilibrar suas pressões igualmente em todas as direções.  O Vórtice formado gira sempre no sentido da fuselagem da aeronave.

Este comportamento do fluido (ar) produz além do arrasto uma perda na sustentação na ponta da asa visto que a maior pressão do intradorso foge em fluxo de ar no sentido da ponta da asa quando sobe e produz o vórtice.”

Baseado em projetos de aeronaves tripuladas trouxemos ao SPIRIT AIRCRAFT mais esta funcionalidade, além dos winglets na ponta das asas, um sistema que minimiza a geração do Vórtice ou VORTEX na passagem do ar sobre as asas melhorando a sua sustentação e eficiência dos elevons em baixas velocidades, inovador para um modelo em escala reduzida tipo DRONE de Asas Fixas, .

 

TUBO DE PITOT

Conhecidos como Tubo de Pitot, este é o instrumento para medir a velocidade do avião.  Mede a pressão e a velocidade do ar com a aeronave estacionada e em voo. Conectado a um sensor de pressão digital, ligado a controladora de voo, possibilita o funcionamento de um dos mais importantes instrumentos da aeronave, o “velocímetro”.  No caso dos VANTS estas informações são enviadas por rádio através da telemetria conectada a uma estação de solo e é essencial para uma boa performance da aeronave, pouso, decolagem e voo cruzeiro.

São mais comuns na forma tubular, já no SPIRIT AIRCRAFT este dispositivo foi desenhado de forma que os canais de entrada de ar são internos a peça e extrusado em impressão 3D, com alta precisão , evitando ser entupido ou entortado em caso de um pouso forçado.

RADIOCONTROLE

Dentre as diferentes marcas e modelos de radiocontroles disponíveis no mercado escolhemos o FS FlySky modelo FS-i6S, um rádio com certificação FCC de altíssima qualidade e baixo custo.

Projetado para Drones entrega várias funcionalidades para a sua aplicação em aeronaves não tripuladas, tais como receptores de  6 a 10 canais, tecnologia i-BUS e S-BUS, frequencia em 2.4Ghz, fácil programação de modos de voo, Touch-screen, alcance acima dos 1.000m de distância, chaves 2 e 3 posições e suporte para smatphones e tablets.